quinta-feira, 19 de junho de 2008

Crises


Marcos Brito

Cristão Protestante


Compreender a nossa cabeça e tentar decifrar enigmas que nem nós mesmos conseguimos entender, é uma tarefa bem complexa, pois os homens mudam como mudam as estações do ano, o porão da nossa alma é um dos mistérios mais ocultos, pois é dali que a nossa essência jorra como um vulcão onde não conseguimos conter emoções, angustias e aquela vontade de sumir, que nem quero mencionar a ultima vez que brotou essa vontade em meu coração.
O tabuleiro está posto, as peças estão sobre a mesa, como iremos jogar? Quando a dor invade o nosso ser, quando a nossa sensatez se torna insensata e o desespero maquina contra a calma.
Isso tudo que mencionei é notório em nossas vidas, basta olhar pra dentro de você, e observar como as inconstâncias saltam diante dos nossos olhos, mas não quero apenas me deter em detectar falhas humanas, afinal, somos humanos e humanos em sua essência são falhos, mas quero que essa mensagem seja um refrigério para sua vida, não se preocupe com os silêncios da vida, pois esse silêncio, nada mais é que o fôlego que se toma antes do mergulho, e quando você submergir chegará à outra margem do rio, às vezes nos sentimos vazios e inúteis, um pranto que parece vir de lugar nenhum que nos consome nos momentos em que estamos sós, e até mesmo no meio de uma grande multidão, mas parece não haver ninguém, não tenho nenhuma dificuldade em afirmar que também choro, mas nessas dores etílicas e embriagantes, consegui arrancar não o desespero, mas a sobriedade de uma vida que ainda não pode se desvaire, temos uma importância tão grande que se soubéssemos nossa vida seria bem melhor e diferente. Tenha amor a si, você é importante, e mesmo que todos lhe abandonem existe um que nunca irá te deixar, o Cristo que ainda te segura pela mão, eu já estive nessa mesma fila e fui enxergado.
Queridos, nas nossas vidas com certeza na vida de todos, já teve algum momento de aflição que de uma certa maneira chegou a tirar o nosso sono à noite, mas quando passou essas negras nuvens, você com certeza pensou que se pudesse voltar atrás, não teria se açoitado tanto, mas a vida nos pede calma e um pouco mais de alma, não seja como aves que não tem ninhos, nem seja amargo como uvas que não dão vinhos.
Biblicamente falando, nós só nos sentimos inúteis porque estamos enfadados com a nossa vida rasa sem ideais, precisamos de um ideal maior que nós mesmos, para que isso nos toque a vida, você é o que você anseia, onde esta o seu tesouro ali estará seu coração.

Consumatum Est.


Como isso me incomoda!

Silas Lima
Cristão Protestante

Má esperteza, malandragem e falcatruas, corremos um enorme risco de nos corromper com isso, pois vivemos em uma sociedade que respira esses valores, onde na primeira oportunidade que temos de se dar bem pouco nos importa os outros, são coisas mínimas que as vezes nem percebemos, são os centavos que de propósito não pagamos, são as famosas “gambiarras” de TV a cabo e Internet, são as balinhas que pegamos e o dono da mercearia nem percebe, o troco a mais que recebemos e fingimos que não vimos nada, ou a carteira de motorista que preferimos comprar, tirando assim o mérito e a nobreza das coisas, foi por deixarmos passar as pequenas falcatruas que estamos como estamos hoje, reclamamos das maldades das pessoas (políticos em especial) que são abomináveis e que repercutem mais na sociedade, entretanto nem percebemos que isso é fruto de pequenas concessões, pois um abismo chama outro abismo, o pior é que os abismos vão aumentando e com passar do tempo estamos tão enfiados neles que não percebemos que sua escuridão nos dominou.
Mediante a tudo isso, tento fazer algo, quero caminhar na contramão desse sistema, sei que não é isso que vai mudar o mundo de uma hora pra outra, mas também sei que agir como todos agem só vai piorar a situação, assim prossigo na minha luta de tentar impregnar nos corações a nobreza que encontrei na vida, mostrando que uma gota de amor, inocência e honestidade, vale muito mais que um oceano de má esperteza, malandragem e falcatruas.

A vida é bela é a idéia é bela

silaslima@valoresdavida.com