sexta-feira, 1 de junho de 2012

Fui! 2


Já morei em vários lugares, com várias pessoas e em vários ambientes diferentes, do COPAN ao Jd.Angela, em casa e em apartamento, com Pastor e com Tia de consideração, em casa própria e em casa alugada, até em casa que era de traficante (essa é uma boa história hehe), em condomínio fechado e em barraco na viela da favela, na Zona Norte a na Zona Sul, em São Paulo e em Poá.


Mesmo com todo este vai e vem fui me construindo, tenho inúmeras lembranças dos lugares em que vivi, no COPAN lembro-me do futebol na rua de trás do edifício Itália, no Jd.Angela jamais me esquecerei do Leandro, Wendell e Lenilson, no Condomínio Flórida vivi os melhores momentos da minha infância, na periferia da Zona Norte lembro-me de um rapaz estirado no chão com um tiro na cabeça em frente a minha casa, das casas alugadas sinto saudades da comida da minha avó e de Poá vou sentir saudades da Pizza do meu Pai.
  
É meus caros estou de partida e partir me remete as despedidas de todos os lugares que mencionei e quão difícil é se despedir, contudo até o dia de hoje nunca tinha partido de casa pensando que jamais voltaria.

A partir de agora vou trilhar meu caminho e por mais que ele seja promissor vou sentir saudades, saudades de poder voltar. 


Sei que boas coisas virão, mas as que ficaram para trás vão fazer um falta danada, não sei o que vai ser de mim sem os gritos da minha mãe, sem os conselhos do meus pai, sem meu irmão para torcer comigo nos jogos do São Paulo, sem minha irmã para me chamar de narigudinho, sem o filme em família de toda a segunda-feira mesmo que meu Pai nunca chegasse o fim dele acordado, sem a euforia do Willy ao me ver chegar, vai fazer falta a manha da minha irmã, a inteligência do meu irmão de 10 anos ("Parcerão"), as palhaçadas do meu pai e as trapalhadas da minha mãe.

  
De agora em diante vou levar todo os valores que aqui aprendi, propagar todo amor que aqui recebi, vou lutar para que a família que vou montar seja no minimo 10% do que a minha família é, e me lembrar antes de qualquer coisa, de tudo que aqui eu vi.

Estou partindo mas, dentro de mim está escrito: Rose, Val, Israel e Letícia. 

Se um dia eu conseguir ser escrito no coração de alguém um pouquinho de vocês também estará lá, nas letras do meu nome, pois eu sou um junção de vocês.

Obrigado família Duarte de Souza, acho que nunca mais vou voltar, mas garanto que pra sempre vou te amar. 

FUI...

A vida é bela e a idéia é nobre

Silas Lima