sexta-feira, 18 de julho de 2008

A força que não percebemos.

Silas Lima
Cristão Protestante


Capaz de seduzir multidões, de iludir corações, com elas se compra voto, com elas se paquera alguém, com elas se ofende, com elas encantamos, com elas desencantamos, com elas escrevemos belas canções, poemas extraordinários, idéias malucas, revelemos sentimentos, nos declaramos, parceira dos livros, as vezes inimiga de nossas intenções, tão forte a ponto de acabar com nações e tão frágil quando não condiz com nossas ações.

Dizia Salomão que na ausência delas até o mais tolo dos homens se passa por sábio, reveladora de caráter, pode ser má, doce, dura, suave, boa, linda, gostosa, desastrosa, pode fazer amigos, nos faz perder amigos, suscita amor, suscita ira, apazigua brigas e também as gera.

Como diria o sábio quando são ditas em seu tempo certo, são como maçãs de ouro em berços de prata.

Um tesouro que é difícil de ser controlado, pois o membro que a refreia é fraco, nos tornando assim prisioneiros de nossos instintos e dos momentos, a melhor arma para dosá-la bem é o equilíbrio, o alto-controle.

Palavras, com elas se ganha o mundo e se perde tudo ao mesmo tempo, por isso seja um bom mentor de suas palavras e alinhe elas o máximo possível a seus atos.

Te adoro vida.

A vida é bela e a idéia é bela.

segunda-feira, 7 de julho de 2008

O Deus do Homem contemporâneo

Silas Lima
Cristão Protestante

Enfrentamos tempos ruins, vivemos em mundo que dele esperamos o mal, pois de fato o amor, a compaixão, a ternura e a maioria dos nobres valores da vida foram deixados de lado. Vivemos como uma presa que caminha pela mata esperando o seu predador a qualquer momento, cautelosos como uma caminhada em um campo minado, carentes de amor e de profundidade, pois nossas indagações e constatações da vida não são colocadas em pautas nos ambientes em que vivemos, óbvio que mediante a tudo isso ainda existem uma seleta união de pensamentos que não se curvaram, que fazem do pior da vida algo um pouco melhor, pois nessa sociedade materialista é impossível encontrar algo totalmente puro, isso porque somos seres humanos e falhamos, mesmo nós que apregoamos os bons valores, pois qual de nós nunca enrolamos no serviço, ou um dia na vida pegamos algo emprestado e nunca mais devolvemos, não estou querendo validar esses pequenos deslizes, acho isso muito errado, mas também sei que um dia cometemos delitos, por menores que foram, o que quero dizer é que diante desse mal não posso pensar que por isso devo me entulhar mais ainda no mal, use o mal que nós não temos controle para granjear amigos, para marcar corações, para entender que não somos santarrões, contudo podemos mudar em nós o estigma de maldade imposto pelo mundo contemporâneo.


Seja maleável e faça o máximo para o bem alheio, o que quero dizer afinal de contas é Use bem o seu dinheiro.



A vida é bela e a idéia é bela.